Time Out São Paulo

Walter Franco

Este evento terminou

Walter Franco

Data Qui 02 Jul 2015

Horário de abertura 20h.

Avenida Paulista, 149, Jardim Paulista

Telefone (11) 2168 1700

Estações próximas
Metrô 2, Brigadeiro

Tudo é uma questão de manter a mente quieta, a espinha ereta e o coração tranquilo. Quem nunca recebeu este conselho ou ficou cantarolando o refrão repetidas vezes, sem saber o nome do autor? A frase é de 'Coração Tranquilo', canção composta e lançada por Walter Franco, em 1978 e aclamada até hoje. No próximo dia 2 de julho (quinta-feira), o Itaú Cultural recebe o cantor para apresentação única na série Quintas Musicais, a partir das 20h, na Sala Itaú Cultural, com um repertório animado com este e outros hits dos anos 1970 e 1980, e algumas canções inéditas.

O show celebra também os 70 anos de vida de Walter Franco e acontece no momento em que sua obra tem sido resgatada com força na cena paulistana. Músicas cheias de poesia e crítica como o rock’n’roll 'Respire Fundo', também lançado em 1978, e 'Canalha', de 1979, têm sido cantadas pelas plateias por onde passou recentemente na cidade, incluindo a Virada Cultural, onde se apresentou com Jards Macalé e a Banda Isca de Polícia.

No Itaú Cultural, ele ainda apresenta 'Vela Aberta', 'Govinda', 'Serra do Luar', entre outras. A banda que acompanha o compositor na voz e no violão é formada por Marcelo Guanabara, no teclado, Daniel Kid, no baixo, Raulito Duarte, na guitarra e todos no vocal com ele, exceto o baterista Gui Vitali, que também toca tabla. Com a sua cítara indiana e voz, Diogo Franco, seu filho, faz participação especial reforçando o clima ‘zen’ do show, marca registrada do pai.

Paulistano, do dia 6 de janeiro de 1945, Walter Franco marcou o início da turnê Especial 70 anos no mês de seu nascimento. O cantor, compositor e ator (formado pela EAD – Escola de Arte Dramática), filho do poeta e político Cid Franco, começou a carreira de músico compondo trilhas para espetáculos teatrais como 'O Contador de Fazendas', dirigido por Dulcina de Moraes e 'Os Olhos Vazados', dirigido por Emílio de Biasi.

Ele integrou a Vanguarda Paulista, movimento musical crítico e irreverente nos anos da ditadura, ao lado de Arrigo Bernabé, Itamar Assumpção, Jards Macalé, com apoio de Geraldo Vandré, Rogério Duprat e Júlio Medaglia. No decorrer de sua carreira lançou sete discos – Tema do Hospital (1971), Ou Não (1973), Revolver (1975), Respire Fundo (1978), Vela Aberta (1979), Walter Franco (1982) e Tutano (2001).

Escrito por Time Out São Paulo editors
Compartilhe

Mapa


     Se o mapa ou detalhes deste estabelecimento estão incorretos, entre em contato

Comentários dos leitores

blog comments powered by Disqus