Time Out São Paulo

Magnéticos 90

Este evento terminou

Magnéticos 90

Preço de R$ 12 até R$ 40. Os shows do dia 20/05 (Graforreia Xilarmônica), 21/05 (Pato Fu e Autoramas) têm entrada grátis.

Data 18-21 Mai

Horário de abertura Qui. a sáb., 21h30; dom., 18h e 0h.

Buy tickets for Magnéticos 90

Rua Clélia, 93, Pompéia

Telefone 3871-7700

O festival traz bandas que lançaram suas demos nos anos 1990 e deixaram sua marca em uma década de ouro da música pop nacional independente, como os mineiros do Pato Fu, os cariocas do Autoramas, os gaúchos do Gaforreia Xilarmônica, entre outros. O evento também marca o lançamento de um compilado de vinis desses trabalhos.

No dia 18 de maio, Autoramas e Maskavo Roots dividem o palco do Sesc Pompeia. O Autoramas surgiu no Rio em 1998 das cinzas do and Little Quail Mad Birds, banda que Gabriel Thomaz havia formado no final da década de 1980 em Brasília. O grupo está prestes a completar 20 anos de carreira com 7 discos e turnês elogiadas ao redor do mundo. Já a Maskavo Roots conseguiu seu contrato com o selo Banguela, dos Titãs e por Carlos Eduardo Miranda, em 1994 através de uma fita demo. Brasiliense, oa banda lançou seu álbum de estreia em 1995, e o disco conquistou tantos fãs no cenário independente que foi reeditado em vinil em 2015 pelo selo Assustado Discos. O show marca o reencontro do grupo.

Dia 19 de maio é a ves do encontro entre dois nomes bem sui generis: Comunidade Nin-jitsu e Gangrena Gasosa. Surgida em Porto Alegre em 1995, a Comunidade Nin-Jitsu inovou e gravou um CD demo com suas canções divertidas que misturavam rock, reggae, funk carioca e rap. uma de suas músicas, 'Detetive', virou um grande hit da época. Hoje, a Comunidade Nin-Jitsu exibe uma discografia com 8 discos e segue na estrada. Já a Gangrena Gasosa, do Rio de Janeiro, é a primeira e única banda de Saravá Metal do Brasil, uma mistura de metal com hardcore e umbanda. O grupo lançou três fitas demo até lançar o hoje clássico disco Welcome to Terreiro (1993). Ao vivo, eles são responsáveis por um dos shows mais divertidos e barulhentos do País.

Responsáveis demos clássicas do período – Com Amor, Muito Carinho (1988) e The Best of Graforréia Xilarmônica (1994) –, a  gaúcha Graforréia Xilarmônica é a atração do dia 20 de maio. O grupo assinou contrato com o selo Banguela Records e lançou su disco de estreia, Coisa de Louco II, em 1995. O álbum traz alguns clássicos do cancioneiro gaúcho como 'Amigo Punk' (regravada por Wander Wildner) e 'Nunca Diga' (regravada pelo Pato Fu – os mineiros também gravaram 'Eu', do segundo disco da Graforréia, que se tornou um grande sucesso). Sem se apresentar em São Paulo desde 2013, quando foi uma das atrações do Lollapalooza Brasil, a Graforréia retorna à capital com o mesmo trio que registrou as primeiras fitas demo da banda: Frank Jorge, Alexandre Birck e Carlo Pianta.

Uma das principais bandas do rock nacional surgida nos anos 1990, o Pato Fu faz duas apresentações no dia 21. Uma acompanhada do Autoramas e outra solo. O grupo mineiro também chemou atenção com uma demo, Pato Fu Demo (1992), registrada no quarto de ensaio da casa dos pais do guitarrista John Ulhoa. Essa fita foi enviada para gravadoras e redações de jornais e revistas, sempre acompanhada de um queijo mineiro, uma estratégia divertida que traduz bem a vibe da banda. A demo abriu muitas portas para o grupo que estreou de maneira independente pelo selo mineiro Cogumelo Records com o disco Rotomusic de Liquificapum (1993) e, depois, foi contratado pela gravadora BMG, que lançou Gol de Quem? (1995). Hoje, o Pato Fu já soma 12 álbuns (dois deles ao vivo) e cinco DVDs lançados numa carreira recheada de hits como 'Antes que Seja Tarde', 'Depois', 'Made in Japan', 'Perdendo Dentes', 'Eu' (da Graforréia Xilarmônica), entre muitos outros sucessos.

Escrito por Time Out São Paulo editors
Compartilhe

Mapa


     Se o mapa ou detalhes deste estabelecimento estão incorretos, entre em contato

Comentários dos leitores

blog comments powered by Disqus