Time Out São Paulo

CCBB Música.Performance

Este evento terminou

CCBB Música.Performance

Data 15 Jul-28 Ago

Horário de abertura Qua. a seg., 9h-21h.

Rua Álvares Penteado, 112, Centro

Telefone (11) 3113 3651

Estações próximas
1, Sé

Em sua quinta edição, o festival traz artistas de diferentes estados brasileiros, e um internacional, em que a performance é parte essencial do processo criativo. O novo formato do projeto parte de uma linha de pensamento que teve como inspiração o álbum Hopelesness, da compositora, cantora e performer Anohni, cujas letras evidenciam um olhar assumidamente político, evocando temas como vigilância, drones militares, pena de morte e crise ambiental.

Para dar entorno a este “estado de espírito”, Berna Reale (Belém, PA) comparece com uma exposição individual no subsolo do museu. Com curadoria de Agnaldo Farias, “Vão” reúne trabalhos inéditos da artista, produzidos exclusivamente para a ocasião, evocando questões sobre vulnerabilidade, violência, gênero e abuso de poder. No dia da abertura da exposição, 15 de julho, Berna e Agnaldo conversam com o público sobre o processo de realização do trabalho, que envolveu performances da artista em sua cidade natal.

Amarelo Sintagma é a ocupação cinético-sonora de Alejandro Ahmed e Grupo Cena 11, com curadoria de Elisabete Finger, realizada especialmente para o projeto. Com a provocação de entender este espaço como situação, abraçando também sua condição arquitetônica e suas características histórico-culturais, e mantendo as portas abertas para o mundo externo e para seus agentes, Alejandro Ahmed e seus bailarinos ocupam durante 4 horas o hall do CCBB, criando para este tempo-espaço uma situação coreográfica site-specific, também no dia 15 de julho.

Em Amarelo Sintagma, música e performance se encontram e se radicalizam no corpo. Corpo que age (performa) e move seu contexto, que tira sons de si mesmo e de seu entorno, construindo uma situação coreográfica transitória, intermitente, que se refaz e se acumula em ciclos, provocando o extraordinário no ordinário, percutindo e precipitando outros mundos.

River of Fundament (2014), do americano Matthew Barney, é o conteúdo internacional inédito proposto para o contexto do evento, com exibições nos dias 21, 22 e 23 de julho no cinema do museu. Barney levou sete anos para finalizar este denso e polêmico filme, o seu mais ambicioso empreendimento. Com 5h50 de duração e tendo como cenário a paisagem urbana americana, River of Fundament é uma história épica de regeneração e renascimento.

Encerrando a programação, o coletivo Mamba Negra (São Paulo, SP), propõe um dia de happening na área externa do CCBB, no dia 27 de agosto, e propondo conexões supra dimensionais com o feminino através de apresentações de Ava Rocha convidando Bella, Teto Preto, EXZ_, Cashu e Guillerrrmo em conexão direta com as performances visuais do Coletivo Namíbia, Loic Koitana, Alma Negrot e MIWI.

Confira a programação completa no site culturabancodobrasil.com.br.

Escrito por Time Out São Paulo editors
Compartilhe

Mapa


     Se o mapa ou detalhes deste estabelecimento estão incorretos, entre em contato

Comentários dos leitores

blog comments powered by Disqus