No tom do hip hop

Conversamos com o vocalista do grupo de rap Pavilhão 9, Rhossi. Ele indicou seus locais favoritos da cena de hip hop  

Divulgação

"Hoje em dia o rap e o hip hop estão mais espalhados pela cidade, em quase toda esquina você pode encontrar uma galera soltando um freestyle ou fazendo um beatbox. Lá nos anos 90 era mais segregado. Claro que ainda tem os lugares tradicionais, como o bairro Santa Cruz [zona sul de São Paulo] e a galeria 24 de Maio [mais conhecida como Galeria do Rock]. O legal é que hoje rola uma mistura do pessoal das antigas com novos talentos, tipo o Emicida, que traz mais leveza para o rap. A internet vem ajudando a divulgar os novos sons.

Estamos vendo uma explosão do hip hop feminino na cidade, com umas garotas muito talentosas, como a Karol Conká e a Flora Mattos. Mas São Paulo sempre foi forte no rap, a geografia combina com o estilo. O concreto, a periferia, os carros, a poluição, tudo isso sempre serviu de inspiração. Hoje, quem quiser curtir um bom som, pode ir na festa Chocolate, do Clash Club, ou na Black Tape, no Glória. O DJ King toca nesses lugares, ele é bem bom. Para shows ao vivo, acho que o Hole na Augusta é bacana e a Matilha Cultural sempre tem uma programação legal de hip hop."

Geografia da Área

Clash Club: R. Barra Funda, 969, 3661-1500. clashclub.com.br

Clube Glória: R. 13 de Maio, 830, Bixiga, 3287-3700.  clubegloria.com.br

Hole Club: R. Augusta, 2.203, Jardim Paulista, 3061-2699. holeclub.com.br

Matilha Cultural: R. Rêgo Freitas, 542, República, 3256-2636. matilhacultural.com.br

Galeria do Rock: R. 24 de Maio, 62, República, 3223-8402. portalgaleriadorock.com.br 

Escrito por Anita Porfirio
 

Comentários dos leitores

blog comments powered by Disqus
 

© 2011 - 2016 Time Out Group Ltd. All rights reserved. All material on this site is © Time Out.