Time Out São Paulo

Virada Sustentável 2017

Este evento terminou

Virada Sustentável 2017

Data 24-27 Ago

Espalhada por diversos pontos da cidade, como o Parque Ibirapuera, o Unibes Cultural, Avenida Paulista, unidades do SESC-SP, entre outros, a programação da Virada Sustentável traz shows, exposições, palestras, aulas de meditação e atividades especiais.

Entre os destaques, shows de artistas como Marcelo Jeneci, Tulipa Ruiz, Arnaldo Antunes, mini edição da Mostra Ecofalante, ocupação literária, entre outros. Ao todo são 500 atividades que propõem uma visão ampla, positiva e inspiradora da sustentabilidade em temas como biodiversidade, cidadania, mobilidade urbana, água, direito à cidade, mudanças climáticas, consumo consciente e economia verde.

Confira a programação completa e os locais que a Virada Sustentável 2017 vai passar:

Parque Ibirapuera
Este ano, o Parque Ibirapuera ganha destaque com uma programação especial para toda família, podendo aproveitar as oficinas e brincadeiras e jogos infantis em estações dedicadas especialmente a estes temas, além de aproveitar a área de piquenique e as diversas atividades espalhadas pelo parque, que vai contar até com ponto de coleta de lixo eletrônico e a feira de trocas Trocaí, que vai permitir ao visitante trocar até 7 itens, entre roupas, acessórios (chapéu, bolsa, cinto), calçados, livros e brinquedos.

Outro destaque fica por conta do circuito de instalações. Localizado no corredor cultural do parque, junto à pista de cooper, o circuito apresenta trabalhos de 17 renomados artistas brasileiros e estrangeiros, tendo como tema os 17 ODS da ONU. As obras, que ficarão no parque até dia 24 de setembro, reúnem nomes como Kadu Pifo, Paula Plim, Rimon, Fefe Talavera, Mag Magrela, Ananda Nahu, Vitche, Magoo Felix, Mzk, Danilo Oliveira, Daniel Melim, Tec, Carlos Dias, Jaime Prades, João Lelo, Atsuo e Shn.

O Ibirapuera abriga também o palco principal da Virada Sustentável, que no sábado (26) recebe os shows da banda Reggae Litlle Lions e do bloco Bangalafumenga, além de Marcelo Jeneci & Tulipa Ruiz.

Já no domingo (27), a Banda Mirim e Bloquinho da Alegria esquentam o palco para o show de encerramento da Virada Sustentável, que ficará por conta de Arnaldo Antunes com “A Casa é Sua” - um show intimista, acompanhado por dois músicos, Chico Salem (violão e guitarra) e André Lima (teclados, violão e sanfona).

No sábado (26), o Auditório do Ibirapuera abre suas portas para a Mostra Ecofalante na Virada Sustentável, com a exibição dos filmes “Não Respire – Contém Amianto” (Brasil, 2017, 70 min), de André Campos, Carlos Juliano Barros e Caue Angeli, premiado na Competição Latina da 6ª Mostra Ecofalante 2017, por voto do público e “Frágil Equilíbrio” (Espanha, 2016, 81 min), de Guillermo García López, vencedor do Prêmio Goya 2017 para melhor documentário espanhol. A exibição será seguida por uma roda de bate-papo com a participação do professor, arquiteto e urbanista Nabil Bonduki, o jornalista Denis Russo Burgieman e Denise Chaer, idealizadora e diretora geral da plataforma Novos Urbanos, com mediação do jornalista André Palhano, idealizador da Virada.

Unibes Cultural
Na quinta-feira (24), a partir das 9h30, a abertura da 7ª edição da Virada Sustentável será marcada pelo Painel de Debates sobre os Desafios para o Desenvolvimento Sustentável com representantes do PNUD-Brasil, setor público, setor privado e academia, seguido de uma palestra de Gustavo Tanaka e um painel de Igualdade de Gênero.

Na sexta-feira (25), um dos destaques da programação na Unibes fica por conta da meditação no escuro, com os Trovadores Urbanos e participação especial de Monja Coen, precedido do show do Boleirinho.

Já no sábado (26), a Mostra Ecofalante na Virada Sustentável ocupa o Auditório do Unibes e apresenta mais um recorte de sua programação, desta vez com “Caminho dos Gigantes” (Brasil, 2016, 12’) de Alois Di Leo,“Doce Mentira” (Canadá, 2015, 91'), de Michèle Hozer e “Cheirando Mal” (EUA, 2015, 91'), de Jon J. Whelan. Haverá ainda uma série de palestras e atividades em torno do Fashion Revolution Day, como aRoda de conversa: Igualdade, Trabalho, Mulher e Moda.

Na quinta e na sexta-feira (24 e 25), o Auditório do Unibes será palco de mais uma edição do Contaí, uma série de rodas de conversa com personalidades que se propõem a discutir a cidade e iniciativas disruptivas que ajudam a torná-la melhor. Na quinta, a partir das 19h, o auditório recebe ainda a entrega do Prêmio Desafio 2030 e do Prêmio Abraps / Virada Sustentável. Na noite de sexta, é a vez da palestra “A Permacultura Aplicada no Planejamento Urbano”, seguida do Cidades Sustentáveis, com apresentação de experiências de Sustainable Living na Holanda e Alemanha.

Unidades SESC-SP
Um importante foco de atrações nesta edição, a rede SESC-SP vai oferecer atividades especiais dentro da programação da Virada Sustentável. Entre os dias 24 e 27 de agosto, as unidades de Itaquera, Interlagos, Pinheiros, Vila Mariana e 24 de maio integrarão suas programações à Virada, com vivências ambientais, bicicletadas, passeios guiados e de observação pela natureza, caças a tesouros e oficinas. No SESC Pinheiros, a exposição RIOS DES.COBERTOS abre suas portas ao público, enquanto o recém-inaugurado SESC 24 de maio oferece observatório da paisagem deslumbrante do centro da cidade, entre outras atrações.

Parques Mario Covas e Trianon
No domingo (27), o Parque Mário Covas recebe uma programação zen especial, como uma aula de O-DGI Open, uma prática marcial realizada por meio de posturas de empoderamento, movimentos e músicas pré-selecionadas. Outro destaque fica por conta da apresentação de Yoga e música clássica indiana com Bruna Dias e Fábio Kidesh, além do show da cantora e compositora Nicole Salmi e da DJ Lara Luzuah, criadora do Festival Ilumina na Chapada dos Veadeiros. Ainda na programação, no Dhyana Jazz os músicos se colocam numa posição de meditadores - através da improvisação, os artistas se conectam aos ouvintes para formar uma só corrente de não-pensamento, onde o som flui e trás a integração de todos que estão no ambiente. O movimento Awaken Love de despertar da consciência também estará presente com Roda de Mantras e a atividade 1 Minuto de Silêncio.

Também no domingo, o Parque Trianon oferece diversas atividades dentro da Virada, como caminhada fotográfica, prática de tai chi e shows das bandas Teko Porã e Mandalá - esta última formada por músicos jovens como Carla Casarim (voz), Cadu Ribeiro (pandeiro e voz), Samuel Silva (violão de 7 cordas e voz), Gregory Andreas (cavaquinho e voz), Dudu Contreras (surdo), Allan Abadia (trombone) e Pedro Pita (percussão), que vão apresentar o melhor do samba e da música brasileira.

Festa Wake acorda os paulistanos
A primeira atração da Virada Sustentável neste ano será uma festa que deve começar a partir das 7h15 da manhã, na quinta-feira (24), no festival VireSuaEmpresa, que ocorre no espaço Brain da rua Groenlândia. A Festa Wake reinventa a lógica urbana e traz DJs, performances, yoga e gastronomia saudável para quem quer acordar cedo. Na quinta e na sexta-feira, o espaço ainda oferece degustação deMassagem com Terapeutas Deficientes Visuais, palestras, atividade como Workmeditation Experience, com mindfulness e dicas de neurociência aplicada ao trabalho e outras atividades. No fim de semana a programação muda para o espaço Brain de Pinheiros.

Saiba mais sobre a programação no site viradasustentavel.org.br.

Escrito por Time Out São Paulo editors
Compartilhe

Comentários dos leitores

blog comments powered by Disqus