Time Out São Paulo

Dia da Consciência Negra

Eventos de cinema e música comemoram o dia em vários pontos da cidade

Em um país que se autoproclama uma “democracia racial”, o simples fato de ser necessário um Dia da Consciência Negra já diz muita coisa. O feriado – celebrado em 20 de novembro em honra à morte de Zumbi dos Palmares – vai combinar, em vários pontos da cidade, cinema, música e outros eventos ligados à contribuição dos brasileiros de ascendência africana.

No centro cultural Casa das Rosas (Av. Paulista, 37, Bela Vista, 3285 6986, casadasrosas-sp.org.br), quatro curtas do diretor e ativista Ari Cândido Fernandes – com o título bem humorado 4Black’s Films for All Colours People – serão exibidos a partir das 14h, incluindo uma reflexão de Martinho da Vila sobre uma viagem a Paris em 1977. Às 17h30, haverá apresentações teatrais e oficinas. O Museu de Arte Sacra de São Paulo (Av. Tiradentes, 676, Luz, 5627 5393, museuartesacra.org.br) abrirá a exposição temporária “São Benedito – O Negro” no dia 18 de novembro. São mais de cem imagens e esculturas do santo católico, filho de pais africanos, nascido em 1524 na Itália e muito venerado na América Latina. O Museu Afro Brasil (ver Museus & Centros Culturais), no Parque do Ibirapuera, abre a exposição temporária de obras de Aurelino dos Santos, artista baiano que usa formas geométricas e imagens inspiradas na África ocidental em seus quadros.
Por fim, para dar um pouco de musicalidade à data, a cidade terá dois recitais de piano atrás da restaurada Biblioteca Mário de Andrade (R. da Consolação, 94, República, 3256 5270, prefeitura.sp.gov.br/mariodeandrade), com músicas do sambista Heitorzinho dos Prazeres às 15h, e da pianista de jazz Tania Maria às 16h, ambos no dia 19 de novembro.

Escrito por Time Out São Paulo editors
Compartilhe

Comentários dos leitores

blog comments powered by Disqus

Outras notícias recomendadas

Os filmes da semana – 01/12/2016

Ceia de Natal da Casa Santa Luzia

Rodízio de brigadeiro