Física e metafísica do calor

 Personalidades paulistanas contam como tiram o melhor proveito do calor na cidade

Imprensa Foto/ Divulgação
O cineasta Nando Olival gosta de caminhar de noite no verão de São Paulo


Para entender como o verão reverbera na metrópole, a Time Out São Paulo conversou com cinco personalidades que vivem na capital paulista e que encaram a cidade por diferentes ângulos. Perguntamos: o que significa o verão e como você aproveita a estação em São Paulo?

Nando Olival, 47, cineasta

“Calor, cidade sem trânsito, happy hour, varanda, ar-condicionado, cinema ao entardecer, jantar com o dia ainda claro, caminhadas noturnas, janelas abertas, piscina, água, muita água. Visão de generosos decotes, margarita, frutos do mar, pernilongos, muito repelente e protetor. É hora de ‘des-hibernar’, sair pra rua, transformar as calçadas em calçadões. E mesmo se não for a verdade, sentir-se em férias.”

João Carlos Martins, 71, maestro

Divulgação
 


“O verão de São Paulo é igual ao verão das quatro estações do Vivaldi, porque as tempestades do final de tarde se parecem com o primeiro movimento da obra. Essas tempestades, embora sejam dramáticas, limpam tudo o que não foi legal do ano passado. Tanto no físico, como na alma. No final de tarde, eu gosto de ir ao Ranieri, um bar nos Jardins, para jogar conversa fora. Também gosto de caminhar no Ibirapuera.”

Izzy Gordon, 43, cantora

Divulgação
 


“As pessoas estão mais à vontade, as roupas são mais leves, coloridas. Existe uma alegria no ar, vejo uma leveza no paulistano, mais sorrisos, uma preguiça. Verão significa alegria, vontade de ser feliz e aproveitar a vida, mesmo em uma cidade corrida como São Paulo. Adoro tomar sorvete à noite, buscar lugares para ver o céu, ir a bares com mesas nas calçadas e fazer shows ao ar livre.”

Dudu Bertholini, 32, estilista

Divulgação
 


“Apesar de São Paulo ter asfalto demais para o verão, a cidade fica mais alegre e fervida! Cores fortes e tecidos leves tomam conta. E espaços públicos como parques e praças viram uma ótima pedida. O Parque Buenos Aires, em frente à minha casa, é o que mais frequento. Para refrescar, suco de uva ultragelado ou milk-shake de chocolate, do The Fifties, são alternativas incríveis.”

Renata Vanzetto, 22, chef de cozinha

Ancar/ Divulgação
 


“O verão significa tranquilidade. A cidade fica um pouco mais vazia e consigo aproveitar alguns lugares que no resto do ano ficam muito cheios. Gosto de caminhar nos parques, andar de bicicleta e tomar sol na piscina do prédio. Também aproveito os restaurantes com varandas. Outro programa legal é ir à casa de um amigo, que tem uma churrasqueira ao ar livre, onde gostamos de cozinhar nos dias quentes.”

Escrito por Nina Loscalzo
Tags: 
 

Comentários dos leitores

blog comments powered by Disqus
 

© 2011 - 2016 Time Out Group Ltd. All rights reserved. All material on this site is © Time Out.