Festa da gente

Quem disse que a cidade dos negócios também não sabe sambar? A folia, aqui, é levada a sério

Caio Pimenta/Divulgação
Escola Águia de Ouro, destaque no grupo especial do carnaval paulistano

Sambódromo | Escolas de samba| Blocos e bailes|
Outros carnavais | Folia no Rio de Janeiro

As festividades que antecedem a Quaresma em São Paulo são variadas e intensas – desde megadesfiles reluzentes que duram quatro dias até blocos de rua mais popularescos e simples. Tudo é planejado para que se tire o máximo de proveito das festas carnais antes do período de reflexão (e privação), que começa na Quarta-Feira de Cinzas. O clima de Carnaval pode até não invadir a cidade – cerca de 100 mil pessoas devem participar dos festejos por aqui – como acontece em cidades litorâneas menos sérias e mais festeiras (sim, estamos falando de você, Rio de Janeiro), mas a habilidade, o talento e a preparação das produções da festa paulistana têm tanta qualidade e magnificência como em qualquer outra ‘cidade do Carnaval’. Os foliões paulistanos não brincam em serviço.

Pelo preço de uma cerveja gelada (que vai deixá-lo no clima), você pode juntar-se a um dos blocos de rua que brotam pelas ruas. Ou então pague por um lugar no Sambódromo, projetado por Oscar Niemeyer, e divirta-se com as centenas de passistas das grandiosas escolas de samba que desfilam pelos 530 metros de avenida, dançando e cantando o samba-enredo oficial em uníssono e com empolgação a fim de vencer o que também, afinal, é uma disputa.

Se preferir sair da grande cidade, o Estado inteiro tem agenda cheia, tanto no litoral como no interior. O que você não pode deixar de fazer é se divertir. Afinal, nossa festa pode até não ser a mais badalada, mas garantimos que o lugar certo também é aqui.


Primeira parada: Sambódromo

Catorze das maiores escolas de samba da cidade competem pela fama e pelo lucrativo prêmio em dinheiro do Grupo Especial nos dias 17 e 18 de fevereiro, no Sambódromo do Anhembi, seguidas por oito escolas do Grupo de Acesso, que desfilam nos dias 19 e 20 de fevereiro. A campeã e a vice-campeã do segundo grupo substituem as duas últimas colocadas do Grupo Especial.

Cerca de 30 mil pessoas devem assistir ao resultado do trabalho de 25 mil artistas, que trabalham desde o Carnaval do ano passado.

Veja mais detalhes sobre os desfiles aqui


As escolas de samba

 É preciso suor e lágrimas, mas também doses de diversão, festas e entusiasmo, para criar o espetáculo maravilhoso que é o Carnaval no Sambódromo. E ainda tem as festas de rua, animadas pelos ensaios das escolas por toda a cidade, nos dias que antecedem a folia oficial.

Os eventos são uma oportunidade para os componentes aprenderem o samba-enredo de 2012, para a bateria acertar o compasso, os foliões se aquecerem e os bairros começarem a celebrar. Uma boa dica: a Vai Vai, com fácil acesso no Bixiga, perto da Avenida 9 de Julho, é uma excelente opção para quem ainda está indeciso e curioso.

O que você precisa saber para acompanhar os ensaios do Grupo Especial
 

Blocos e bailes 

Grupos de foliões com tambores, usando fantasias, batendo percussão e panelas ou tocando rock bem alto são os precursores das grandes escolas de samba e continuam a reunir foliões não fisgados pelos flashes e glamour do Sambódromo ou dos luxuosos bailes realizados em clubes ou hotéis. Ao contrário das escolas oficialmente organizadas, qualquer um pode se transformar em um participante do percurso ao longo de toda a cidade, mesmo se o grupo já estiver no meio do caminho.

Programe-se para a folia aqui


Em outros carnavais

Para aproveitar o fim de semana prolongado com uma viagem, mas sem perder diversão do Carnaval, há diversas opções no interior e no litoral: em Batatais, Campinas, Santos e Ilhabela, apenas para citar algumas. Eles agitam tanto quanto as pessoas da cidade grande.

Veja onde curtir a folia fora de São Paulo


E sempre tem o Rio

E, claro, nunca quisemos dizer o contrário, o Carnaval em São Paulo é cada vez mais atraente, mas a folia Rio de Janeiro continua sendo imperdível, com cada vez mais eventos concentrados na Marquês de Sapucaí e a diversão nas ruas aumenta a cada ano, com os tradicionais blocos.

Acompanhe a folia por lá no site da Time Out Rio de Janeiro

Ascom/Riotur
Bloco Simpatia É Quase Amor, no Rio de Janeiro

 

Escrito por Time Out São Paulo editors
 

Comentários dos leitores

blog comments powered by Disqus
 

© 2011 - 2016 Time Out Group Ltd. All rights reserved. All material on this site is © Time Out.