Time Out São Paulo

Dia da Consciência Negra

Feriado traz opções de diversão com muita reflexão

Depois de alguns meses sem nenhum feriado no meio da semana para quebrar a rotina de trabalho, os paulistas finalmente ganham um dia para descansar. Porém, esse feriado em especial, merece um pouco de reflexão. Para isso, alguns pontos da cidade contarão com eventos que celebram o Dia da Consciência Negra.

O Sesc Pompeia une o tema ao esporte, entre eles o futebol, que infelizmente tem tido destaque nos jornais por causa de atos racistas. Um bate papo com ex-jogadores como Wladimir Rodrigues, que jogou pelo Corinthians, Paulo Sérgio, que defendeu a Seleção e também o Bayern de Munique, e Marta, que jogou basquete pela Seleção. O jornalista Antero Grecco mediará a mesa, que discutirá casos de racismo que vem acontecendo dentro dos campos e quadras. (19/11, 20h. Grátis. Retirada de ingressos com 1 hora de antecedência.)

No Sesc Vila Mariana, as heranças africanas na cultura brasileira são celebradas por meio da música. A cantora Luciana Oliveira homenageia Jovelina Pérola Negra no projeto 'Sankofa – Memórias de Mão Dupla', cantando músicas dos álbuns Luz do Repente, Sorriso Aberto e Sangue Bom. (21/11, 20h30. R$10-$20. Ingressos aqui.)

O Sesc Santana usa a moda para homenagear a data. A Mostra de criadoras afrolatinas (Área de Convivência. 20/11, 16h. Grátis.) apresenta desfiles que exibirão criações com influências africanas, dando visibilidade para os ateliês Xongani, Abayomi, Cynthia Mariah e África Plus Size-FWB.

O CAIXA Belas Artes comemora o dia por meio do cinema, com a 3ª edição da Mostra África Hoje, que exibirá 17 obras, entre eles, filmes que mostram a vida de Nelson Mandela: Mandela: Filho de África, Pai de uma Nação e Contagem Regressiva, e também outros documentários produzidos no continente. Entre os destaques, Vou Contar para Ti, que conta a história do músico Kar-Kar, e Soweto e Surf, que mostra a geração de surfistas de trem em Johanesburgo. (Caixa Belas Artes, Rua da Consolação, 2423. 20/11 a 03/12. Verifique a programação em no site.)

As Fábricas de Cultura promovem diversos eventos gratuitos pela data. O educador Wasawulua Daniel promove uma oficina de brincadeiras, músicas e danças típicas de seu país natal, o Congo. (Unidade Jardim São Luís, 24/11, 14h30, Unidade Brasilândia, 27/11, 14h30). Na Unidade da Vila Nova Cachoeirinha acontece uma oficina de construção de Berimbau, com show de roda de samba no encerramento da atividade. (16/11, 10h; 19/11, 16h e 20/11, 10h.) Já a Unidade do Jaçanã recebe a banda Caminho Suave, que apresentará um show com muito reggae de raiz (19/11, 20h). Verifique aqui os endereços das unidades.
 
A Casa das Rosas comemora o Dia da Consciência Negra com uma programação especial no dia 20 de novembro, a partir das 10h. Em 'Intervenções Narrativas' (das 10h às 10h40), as narrativas de matriz africana, fortalecidas pela tradição oral, serão o ponto principal do encontro, cuja proposta é a experimentação de diferentes formas de narração e sua relação com o público e com o espaço. Assim como em Rodas de 'Compartilhamento de Experiências' (das 11h às 12h30), onde o compartilhamento de saberes e práticas relativos às culturas africanas (como técnicas tradicionais, habilidades manuais, jogos e brincadeiras, narrativas e relatos de experiência, entre outros) dão o tom. Já na dança, destaque para as 'Oficina de Danças Brasileiras' (das 14h30 às 15h30) e o maranhense 'Tambor de Crioula' (das 16h às 17h30).

Escrito por Time Out São Paulo editors
Compartilhe

Comentários dos leitores

blog comments powered by Disqus

Outras notícias recomendadas

Os filmes da semana – 01/12/2016

Ceia de Natal da Casa Santa Luzia

Rodízio de brigadeiro