Time Out São Paulo

Roteiro para crianças (também)

Sair para jantar faz parte da vida social de São Paulo, mesmo depois de ter filhos

Quem nunca teve um casal de amigos que desapareceu dos jantares com a turma depois de ter filhos? Não é difícil compreender a exaustão de pais e mães que desistiram do desafio de sair com as crianças que, ao descobrirem o tédio de uma mesa de restaurante para adultos, proporcionam a todos uma noite de birras e lágrimas. E, o que é pior, na frente de estranhos. Nos solidarizamos com a causa dos pais ‘sem vida social’ e fizemos uma seleção de restaurantes que (realmente) recebem bem os pequenos.

O menu infantil que indicamos a seguir inclui brincadeiras, jogos e até mágicos. Mas, a primeira coisa a ser lembrada (e a mais importante), é que a casa precisa ter uma área infantil. Nos fins de semana, a maioria tem monitores, que ajudam muito na tarefa de garantir uma refeição em paz para os adultos. O cenário não é exatamente um comercial de margarina, mas a oportunidade de comer tranquilamente, por um lado, e fazer bagunça, por outro, é bem recebida por ambos.

Embora não tenha um ambiente refinado, a franquia americana Applebee’s (Al. dos Arapanés, 508, Moema, 5051-1946. applebees.com.br) faz um bom trabalho, com brinquedotecas monitoradas para os menores e videogames para os maiores. Há filiais da rede em shoppings como o Morumbi e o Eldorado, com monitores na sexta (a partir das 10h), sábado e domingo (a partir das 12h).

No bairro do Tatuapé, o restaurante português Bacalhoeiro agrada os fãs de gastronomia e os seus filhos menores. Os únicos a ficarem agitados aqui são as crianças, que deslizam em um escorregador gigante, a grande atração do Espaço Kids. Sempre sob a supervisão de funcionários.

Quem já aumentou a família e gosta de carne pode optar pela churrascaria argentina 348 Parilla Porteña (R. Bahia, 364, Higienópolis, 4306-0348. restaurante348.com.br). Combine uma garrafa de Rioja e o melhor corte do restaurante, o ojo de bife, enquanto os filhotes se divertem na brinquedoteca, com monitoria no fim de semana.

Também de olho no entretenimento infantil, a Pizzaria Soggiorno (R. Cerro Corá, 1.841, Alto de Pinheiros, 3022-8783.soggiorno.com.br) foge um pouquinho dos clichês e apresenta shows de mágica nas noites de domingo (20h30 a 22h30). A Bráz  não tem nenhum coelho na cartola para entreter os pequenos, mas as pizzas são incríveis. A consultora inglesa Erica Winter, 38 anos, aprova a massa, a ‘mágica’ da pizzaria para animar as crianças. “A casa recebe bem as famílias e a massa de pizza vira massinha de modelar para os nossos filhos, Stella, 5 anos, e Adrian, 3.” No mínimo, criativo.

Para os gêmeos Lalo e Nico, de 5 anos, filhos da diretora de marketing Kristin Dykema Barbieri, de 43, a melhor diversão está no Jacaré Grill (R. Harmonia, 321, Pinheiros, 3031-5586, jacaregrill.com.br). “Os balões sempre fazem muito sucesso com os meninos e os garçons gostam de crianças”, garante a mãe. A atitude da equipe também é essencial para a dona de casa cingapurense Flora Makan, 46 anos, que é fã do Fogo de Chão , de Santo Amaro. “Os atendentes levam as crianças à cozinha e lhes dão saquinhos de chocolate.” Outro atrativo é que os menores de 3 anos comem de graça, os de 4 a 7 pagam R$ 33 e os de 8 a 11, R$ 66.

O Ráscal é outro restaurante queridinho dos pais. Aqui come-se à vontade no ótimo bufê de saladas e de pratos ao estilo mediterrâneo (R$ 55, adultos, R$ 27,50, crianças de 6 a 10 anos, grátis, até 5), enquanto os pequenos criam obras primas com gizes de cera. Além disso, como destaca a mãe de primeira viagem, a também consultora Carrie Doyle, 38 anos, “é um dos poucos lugares em São Paulo onde você pode ir em um horário bom para crianças, por volta das 19h, e encontrar algum burburinho, em vez de ser o único cliente da casa”.

Já os pais que querem fugir da muvuca podem ir com a família ao Chácara Santa Cecília (R. Ferreira de Araújo, 601, Pinheiros, 11 3034 6251. chacarasantacecilia.com.br) e ao Praça São Lourenço (R. Casa do Ator, 608, V. Olímpia, 3053-9300. pracasaolourenco.com.br). O primeiro é um restaurante de 2 mil metros quadrados, em Pinheiros, com um jardim que parece ter quilômetros quando se é pequeno. Procure um lugarzinho ensolarado para aproveitar o bufê de fim de semana (R$ 38 a R$ 59; crianças até  5 anos não pagam e, de 6 a 12, pagam metade). Enquanto isso, as crianças recebem pintura no rosto ou participam de brincadeiras educativas.

Na Vila Olímpia, as famílias têm lugar garantido à sombra no Praça São Lourenço – um restaurante espaçoso com deques de madeira, mesas na área externa, à beira do lago de carpas, ou no piso superior interno, com vista para as árvores. No almoço dos fins de semana, monitores alimentam as carpas enquanto ficam de olho nos pequenos, que podem fazer escultura de balões, tatuagem de henna, brincar na piscina de bolinhas ou, simplesmente, se esconder na casa da árvore.

Aqui, eles têm menu próprio ou podem até ‘cozinhar’:

►América

O estilo de lanchonete americana está presente também no cardápio infantil. Lá você encontra combos para crianças como o composto por dois mini-cheeseburgers, batata frita e milk-shake (R$ 32,20). Av. Paulista, 2.295, Centro, 3067-4424.

Brasil a Gosto

Enquanto você experimenta o melhor da cozinha brasileira, peça a minipicanha para a criançada (R$ 29).

Nakombi

As crianças começam a aprender a usar  os pauzinhos aqui, experimentando o yakissoba de carne, frango ou vegetais (R$ 23). R. Pequetita, 170, V. Olímpia, 3845-9911. nakombi.com.br

Lanchonete da Cidade

Hambúrgueres (R$ 13,50) e cachorros-quentes (R$ 9) fazem as crianças felizes, seguidos de minissalada de frutas (R$ 7,50) ou colheres de brigadeiro crocante (R$ 8). Al. Tietê, 110, Jd. Paulista, 3086-3399. lanchonetedacidade.com.br

Santa Pizza

Quem faz a pizza é a criançada e não vai ser você quem vai arrumar a bagunça (R$ 25).
R. Harmonia, 117, V. Madalena, 3819-0301. santapizza.com.br 

Escrito por Catherine Balston
Compartilhe

Comentários dos leitores

blog comments powered by Disqus

Outras notícias recomendadas

Os filmes da semana – 01/12/2016

Ceia de Natal da Casa Santa Luzia

Rodízio de brigadeiro