Time Out São Paulo

Jantar com jazz

Com fome de musica? Conheça os melhores lugares da cidade para fazer suas refeições ao som de um bom jazz

Se você quer apenas curtir o show, và a uma casa de jazz. Mas que tal aproveitar e jantar ouvindo um som ao vivo? Confira nossa seleção de restaurantes e bares onde o prato vem acompanhado de muita improvisação musical
 

Segunda-feira

Alucci Alucci

Bem em frente ao elegante hotel Fasano, no coração dos Jardins, o luxuoso Alucci Alucci atrai um público de alta classe com comidas contemporâneas e ambiente extravagante. O músico Guerreiro e sua banda animam as noites de segunda quinzenalmente (as próximas são 19/8 e 9/9), tocando nomes como Ray Charles e Cole Porter. Rua Vitório Fasano, 35, Jardim Paulista (3086-1252/alucci.com.br). Couvert R$15.


São Cristóvão

Enquanto a maioria dos botecos vizinhos tira uma noite de folga após os fins de semana sempre frenéticos da Vila Madalena, o discreto e cordial São Cristóvão serve, toda segunda à noite, comida e bebida ao som de jazz ao vivo. Para acompanhar a música, peça um prato farto, como o bacalhau em lascas (bacalhau salgado com feijão, R$ 21). Rua Aspicuelta, 533, Vila Madalena (3097-9904). Couvert R$25 dentro. R$18 fora.
 

Terça-feira

Divulgação
Press image
Cervejaria Nacional
Cervejaria Nacional

Cada mês tem uma banda diferente subindo no palco que fica acima dos barris da microcervejaria e bar. Em agosto, a dupla de pai e filho Renato Anesi e Érico (20 e 27/8) toca blues instrumental e jazz improvisado. Para comer, prepare-se para excelentes receitas de bar e muito mais, como saladas, sopas, risotos e carnes. Avenida Pedroso de Morais, 604, Pinheiros (3628-5000/cervejarianacional.com.br). Couvert R$12.


Buttina

Um dos grandes atrativos dessa trattoria italiana à moda antiga é o espaço – o interior de pé-direito alto leva a um terraço a céu aberto, sob a sombra de grandes jabuticabeiras –, além dos músicos convidados, do Brasil e do exterior, que tocam jazz, MPB e bossa nova nas noites de terça. Confira a programação em facebook.com/restaurantebuttina. Rua João Moura, 976, Pinheiros (3083-5991/buttina.com.br). Couvert R$25-$30.

Quarta-feira

Divulgação
Ruella
Ruella

O ambiente charmoso à luz de velas e as baratas comidinhas de bistrô com inspiração francesa tornam o lugar popular entre jovens casais e grupos de amigos. O "Dinner Jam Ruella" é uma atração extra nas noites de quarta, apresentando estrelas paulistanas do calibre de Blubell (cantora contemporânea com inclinação para o folk que está em ascensão), que sobem ao palco com suas bandas. Confira a programação no site do Ruella. Rua Vupabuçu, 199, Pinheiros (3097-9257/ruella.com.br). Couvert R$28.


Bar.

O andar superior desse gastrobar recém-aberto se transforma em pista de dança em algumas noites, conforme a música fica empolgante e as mesas são retiradas para dar espaço à dança. As quartas-feiras são totalmente do jazz, e as quintas são do groove. Rua Joaquim Antunes, 248, Jardim Paulistano (3061-3810/barbar.com.br). Couvert R$20.

Quinta-feira

Divulgação
Brado
Brado

Com a louvável atitude de promover a arte, o Brado patrocina produções teatrais, organiza exposições de arte ocasionais e transforma seu diminuto terraço frontal em palco para o trio de jazz Les Serges, que toca sua própria mistura de jazz francês com sons brasileiros nas noites de quinta. É melhor no calor, quando o restaurante abre as portas de correr da varanda a fim de aumentar o prazer acústico dos comensais. Rua Joaquim Antunes, 381, Pinheiros (3061-9293/bradorestaurante.com.br). Sem couvert.


Domenico

As quintas são de longe as melhores noites para se comer ouvindo jazz. Não faltam opções, seja jantar com música ao vivo no antiquário Restaurateur, em Pinheiros ou uma refeição leve ao som de jazz na cafeteria gourmet Octávio Café, não faltam opções. O recém-aberto e sofisticado restaurante italiano Domenico também está entrando na dança, recebendo um quarteto que toca o repertório de Miles Davis, Ella Fitzgerald e Billie Holiday. Rua Dr. Melo Alves, 674, Jd. Paulista (3037-7223 /domenicoristorante.com.br).

Sexta-feira

Divulgação
Enoteca Saint Vin Saint
Enoteca Saint Vin Saint

Um restaurante extremamente charmoso, com apenas 12 mesas, menu mediterrâneo escrito na lousa e uma das melhores seleções de vinhos orgânicos e biodinâmicos da cidade, a Enoteca Saint Vin Saint aumenta ainda mais o clima de romance com um saxofonista de jazz nas noites de quinta e uma dupla de jazz nas de sexta. Rua Atílio Innocenti, 811, Itaim Bibi (3846-0384/saintvinsaint.com.br). Couvert R$15.


Amadeo

Uma relativa novidade na rua com mais bares e restaurantes da Vila Mariana, o Amadeo tem a música como cartão de visita. O público pós-expediente se amontoa nas noites de sexta para ouvir o trio de jazz contemporâneo tocar. Os pratos de massa e carne são um bom acompanhamento para as cervejas. Rua Joaquim Távora, 1.078, Vila Mariana (2538-2628/baramadeo.com.br). Couvert R$15.

Sábado

Divulgação
Verissimo
Verissimo

Tudo nesse bar do Brooklin homenageia o escritor Luís Fernando Verissimo, desde as citações que enfeitam os guardanapos até os nomes das bebidas criativas e dos pratos compartilháveis ao estilo das tapas espanholas. Nas tardes de sábado, a feijoada e o chorinho são seguidos pelo jazz ao vivo, a partir das 20h. Rua Flórida, 1.488, Brooklin (5506-6748/verissimobar.com.br). Couvert R$7.


Blú Bístrô

Servindo bons clássicos franceses, tais como sopa de cebola gratinada (R$ 25) e steak tartare (R$ 38), esse aconchegante bistrô das Perdizes tem um charme kitsch e peculiar, com o ambiente composto por postes de rua, janelas com veneziana e uma pequena varanda no andar de cima. É nela que fica o palco para um trio de jazz – guitarra acústica, contrabaixo e trompete – que toca de quarta a sábado, a partir das 21h. Rua Monte Alegre, 591, Perdizes (3871-9296/blubistro.com.br). Couvert R$9 (opcional).

Domingo

Divulgação
Paribar
Paribar

Ovo poché com cogumelos, molho rôti e muffin (R$18.90) e panquecas americanas (R$9.80)  convivem com pratos da velha guarda, como os ovos Benedict (R$25.90), no novo menu à la carte de brunch servido aos domingos no Paribar, clássico bar boêmio. Mas não é a comida, e sim o ambiente, em uma praça arborizada no coração do Centro, que faz valer a viagem – agora com a vantagem extra de apresentar trios e quartetos de jazz diferentes a cada semana (11h-14h) a fim de relexar o pessoal que saiu no sábado à noite ou que acordou cedo no domingo.  Praça Dom José Gaspar 42, Centro (3237-0771/paribar.com.br). Couvert none.


Todos os preços e shows são referentes a agosto de 2013

Escrito por Catherine Balston
Compartilhe

Comentários dos leitores

blog comments powered by Disqus

Outras notícias recomendadas

Os filmes da semana – 01/12/2016

Ceia de Natal da Casa Santa Luzia

Rodízio de brigadeiro