Cinco bistrôs em São Paulo

Pequenos, charmosos e com sotaque francês

Mário Leite/Divulgação
Le Jazz Brasserie
Interior do Le Jazz Brasserie de Pinheiros

Pequenos e charmosos, os bristrôs são sinônimo de comida francesa simples e saborosa a preços bem acessíveis. Tanto que a tradução literal da palavra ‘bistrot’, em francês, significa "rápido". Porém, por aqui esse conceito não foi levado tão ao pé da letra. Isso porque muitos desses restaurantes não possuem aquele ar rústico de seus pares franceses. Isso sem falar na questão dos preços. Mas, mesmo assim, há ótimas opções com um bom custo-benefício em São Paulo. Conheça alguns deles.
 

Ici Bistrô

Rua Para, 36, Higienópolis (3259-6896/ icibistro.com.br)

Este restaurante francês chique e clássico ganhou boa reputação quando inaugurado, em 2002. A lista de aperitivos inclui o duo de lula panée (lula crocante e picante), embora o tamanho modesto das porções sirva só para abrir o apetite. O filé de atum com gergelim é maravilhosamente tenro e saboroso. As sobremesas merecem os mesmos elogios, principalmente os profiteroles gelados e a assinatura pain perdu – uma rabanada caramelizada servida com doce de pera em calda e muito chantilly. Leia mais sobre o Ici Bistrô

Le Jazz Brasserie 

Rua dos Pinheiros, 254, Pinheiros (2359-8141/ lejazz.com.br). Outro endereço Rua Dr. Melo Alves, 734, Jardim Paulista (3062-9797)

Um pequeno bistrô francês com uma grande reputação, o Le Jazz está quase sempre lotado. Depois de garantir uma mesa, nós optamos, como entrada, pelo tabu de charcuterie. A rica terrine de campagne (uma mistura de carnes com consistência de patê) e o magret fumé (peito de pato defumado) foram sucesso imediatos, assim como os rillettes (patê), o torresmo e a variedade de carnes e petiscos. Se tivéssemos saído nesse ponto, tudo ficaria bem, mas fomos em frente, e o Le Jazz fez com que saíssemos cantando um blues. Leia mais sobre o Le Jazz Brasserie

Paris 6

Rua Haddock Lobo, 1240, Jardim Paulista (3085-1595/ facebook.com/Paris6)

O número ‘6’ faz referência ao sexto arrondissement parisiense - o bairro de Sain-German-des-Prés, que inspira toda a decoração desse restaurante. Mas há toques bem brasileiros também, como a enorme televisão de tela plana que fica exibindo jogos de futebol e os pratos batizados com nomes de celebridades no menu. Aposte em opções difíceis de errar, como o steak frites e a truites aux amandes. Mas, o que interessa mesmo é que esse restaurante funciona sem parar as 24 horas do dia. Leia mais sobre o Paris 6

Le French Bazar 

Rua Cônego Eugênio Leite, 1152, Pinheiros (3031-0680/ goavegetariano.com.br)

No almoço, o Le French Bazar é bem movimentado. Já no jantar o lugar é mais sossegado, à luz de velas, e frequentado principalmente por casais. Do menu de três pratos (são oito opções de salada, prato principal e sobremesa), saboreamos um tenro entrecôte e um steak tartare deliciosamente temperado, ambos com salada e batatas fritas. Combine uma dessas opções clássicas de bistrô com uma cidra de pera francesa ou um vinho. Nas noites mais quentes, os clientes solitários devem se sentar ao balcão que fica virado para a rua. Leia mais sobre o Le Frech Bazar

La Tartine

Rua Fernando de Albuquerque, 267, Consolação (3259-2090)

Não há erro ao escolher o La Tartine para um jantar informal com amigos. É um pequeno bistrô com três ambientes aconchegantes: dois no térreo e um no primeiro andar, onde se pode esperar por uma mesa em um dos sofás – mas não se surpreenda se encontrar uma fila descendo pela escada nos fins de semana. O cardápio, pequeno e com preços razoáveis, apresenta pratos da cozinha tradicional francesa, como quiche com salada, steak au poivre e coq au vin. Leia mais sobre o La Tartine
 


Escrito por Time Out São Paulo editors
 

Comentários dos leitores

blog comments powered by Disqus
 

© 2011 - 2016 Time Out Group Ltd. All rights reserved. All material on this site is © Time Out.