Time Out São Paulo

10 restaurantes de comida nordestina

Conheça ótimas opções para degustar uma das culinárias regionais brasileiras preferidas do paulistano 

Para quem gosta de uma boa mesa e de experimentar pratos mais exóticos para o paladar paulistano, a culinária do Nordeste é uma ótima opção. Até porque, a gastronomia nordestina é uma das mais saborosas e temperadas do Brasil. A boa notícia para nós é que não é preciso viajar milhares de quilômetros para apreciar uma típica moqueca baiana ou um saboroso acarajé, por exemplo. Felizmente, a cidade de São Paulo conta com diversos restaurantes especializados na cozinha do Nordeste.

Ah, e não pense que restaurante nordestino em São Paulo se resume ao premiado Mocotó, na Zona Norte. Listamos muito mais lugares bacanas na terra da garoa para apreciar alguns quitutes arretados. Confira:

Mocotó - Avenida Nossa Senhora do Loreto, 1100 / 2951-3056
Inaugurado em 1973, o restaurante recebe influências de seu fundador, o pernambucano José de Oliveira, que trouxe toques da gastronomia nordestina para a casa. No cardápio, destaque para o escondidinho de carne-seca, o baião-de-dois e o atolado de vaca, que leva carne de panela cozida com mandioca, tomatinho, cebolinha e azeitona verde. 

Barnabé - Praça Comandante Eduardo de Oliveira, 147
Localizado no Parque Edu Chaves, na zona norte de São Paulo, o Barnabé Restaurante e Cachaçaria traz a inspiração da culinária sertaneja para seu cardápio. No menu, pratos típicos que imprimem diversidade e cultura de diversas regiões do nordeste brasileiro. Faz sucesso na casa o Baião-de-Dois, a Favada, o Sarapatel, o Feijão-de-Corda, o Caldo de Mocotó, o Escondidinho, etnre outros pratos tradicionais. A casa também traz sobremesas de dar água na boca, caso da Cartola (considerado Patrimônio Cultural Imaterial do Estado de Pernambuco, essa sobremesa é a combinação perfeita entre banana frita na manteiga de garrafa, queijo do sertão e farofinha de açúcar com canela). 

Consulado da Bahia - Rua dos Pinheiros, 534 / 3085-3873
O clima baiano toma conta do estabelecimento desde o primeiro contato visual. A fachada da casa presta homenagem ao Pelourinho, um dos principais pontos turísticos de Salvador, com varandas coloridas. No salão interno, uma decoração irreverente traz máscaras esculpidas em madeira, que representam os orixás, deuses africanos que correspondem às forças da natureza nas religiões da Umbanda e do Candomblé.

Colher de Pau - Rua Doutor Mário Ferraz, 563 / 3168-8068
Na casa cearence, que possui matriz em Fortaleza, os paulistanos apreciadores da culinária nordestina provam receitas como as casquinhas de camarão e de lagosta, moquecas e grelhados, além da peixada. Há também o tradicional carneiro cozido com pimenta-de-cheiro e o carro-chefe do restaurante: carne de sol com baião de dois e paçoca desfiada ou fatiada. 

Galinhada do Bahia - Rua Azurita, 46, Casa 8 / 3315-8614
O restaurante tem um ambiente descontraído, com bandeiras de todos os estados do país, além de lembranças e fotos de clientes e artistas que frequentam a casa. Entre as opções de pratos, o estabelecimento oferece o Camarão na Moranga com Catupiry, a Carne-de-Sol com Mandioca Frita na Manteiga e a famosa Galinhada com Arroz e Pequi.

Manzuá - Rua Oscar Freire, 1189 / 3085 5058
Desde 1992, o Bargaço, que agora se chama Manzuá, apimenta a refeição dos paulistanos com pratos da autêntica culinária baiana. Ensopados de siri, polvo, ostra e sururu dão consistência ao cardápio. As entradas e petiscos, a maioria à base de frituras, trazem bolinhos de frutos do mar - do camarão ao caranguejo. Mas a atração fica mesmo por conta das suculentas moquecas. Elas são servidas em panela de barro ao gosto do cliente (de camarão, lagosta, peixe, siri mole ou mistas) e também o bobó de camarão, o camarão na moranga e os grelhados de frutos do mar com destaque especial para o "manzuá de pescado nobre". 

Empório Nordestino - Largo da Matriz de Nossa Senhora do Ó, 144 / 3931-3101
Localizado na Freguesia do Ó, o Empório Nordestino foi inaugurado em 2004 e funciona em um casarão tombado do século 19. Com ambiente rústico e clima familiar, o estabelecimento traz as receitas típicas da região, como o baião-de-dois. A carne-de-sol impera no cardápio e pode ser acompanhada de feijão-verde, purê de mandioca, paçoca, arroz e vinagrete. A carta de cachaças inclui rótulos como Salinas, Seleta, Espírito de Minas e Barril de Carvalho. Como sobremesas, as sugestões são doces cremosos, como os de caju e jaca. 

Nação Nordestina - Rua Kaneda, 886
Localizado na Vila Maria, zona norte paulistana, o Nação Nordestina é um bar restaurante que faz jus ao nome, oferecendo pratos da culinária nordestina. No cardápio, além dos pratos feitor, encontra-se porções individuais, entradas, petiscos e sobremesas. Destaque para o Cupim Atolado (cupim cozido com mandioca e manteiga de garrafa). Para beber, cervejas, caipirinhas, cachaças, destilados, licores, conhaques e vinhos. 

Rancho Nordestino - Rua Manoel Dutra, 498 / 3106-7257
O Rancho Nordestino é um restaurante localizado na região central da cidade de São Paulo. Com destaque para os diversos petiscos, você pode degustar uma a Paçoca, uma farofa com carne de sol desfiada, frito na manteiga de garrafa, com cebola e farinha. 

Mocofava - Rua Iris Leonor, 237 / 2231-9044
O ambiente do Mocofava prima pelo conforto ao visitante tanto na parte interna como na externa, com mesas na calçada, a decoração simples e rústica faz com que as pessoas se sintam em uma verdadeira casa do nordeste. No cardápio, pratos típicos nordestinos, petiscos, porções, cervejas, caipirinhas, cachaças, etc. Destaque para a Carne Seca Desfiada com Purê de Mandioquinha.

Andrade - Rua Artur de Azevedo, 874 / 3064-8644
Criado em 1980 como um boteco, o atual restaurante Andrade é considerado uma das casas mais famosas para quem deseja degustar um típico prato nordestino e curtir o tradicional forró pé-de-serra da região. Com decoração rústica e quadros de paisagens nordestinas espalhados pelas paredes, o estabelecimento oferece aulas de forró e shows ao vivo de bandas do ritmo. Entre os destaques do cardápio, Bolinho de Mandioca com Carne-Seca para entrada, Carne-de-Sol com Macaxeira de prato principal e Queijo Coalho Assado com Melado para sobremesa. Na carta de bebidas, a casa oferece cerca de 70 tipos de cachaças, caipirinhas, batidas e sucos produzidos com frutas do Nordeste brasileiro. 

Feijão de Corda - Avenida Prof. Francisco Morato, 4498 / 3751-1549
O feijão de corda, tradicional iguaria nordestina, acompanha todos os pratos executivos do restaurante, que também serve suas delícias à la carte. Entre elas, destacam-se o baião de dois e a carne de sol na manteiga com mandioca - dois exemplares típicos e imbatíveis do Feijão de Corda. As variadas opções podem ser escolhidas por meio de dois cardápios: um no estilo tradicional, de papel, e outro em forma de grandes fotos penduradas nas paredes. A decoração "saborosa" é completada pela cor abóbora, presente em todas as unidades da casa na capital paulista, que funciona durante todo o dia sem intervalos.

Escrito por Time Out São Paulo editors
Compartilhe

Comentários dos leitores

blog comments powered by Disqus

Outras notícias recomendadas

Os filmes da semana – 01/12/2016

Ceia de Natal da Casa Santa Luzia

Rodízio de brigadeiro