Dalva e Dito

Parede decorada com reprodução de desenho de Athos Bulcão e cozinha envidraçada dão charme ao ambiente

Cassio Vasconcellos
Bar do subsolo do restaurante Dalva e Dito

O proprietário Alex Atala elevou a culinária brasileira ao status de arte com o D.O.M. Na sua segunda casa na cidade, tenta fazer o mesmo, trazendo o melhor da culinária regional dos quatro cantos do país, mas a preços mais acessíveis. Ingredientes incomuns, da Amazônia ao Cerrado, criam alguns sabores realmente únicos, como o surubim, peixe de água doce, servido com molho de capim-limão e jambu – a erva amazônica que adormece ligeiramente a língua. Os resultados, no entanto, nem sempre são uniformes. O galeto assado continua sendo só um galeto assado, mesmo que você pague R$ 65 por ele. As releituras dos petiscos tradicionais, como pastel e bolinho de mandioca e de carne seca, estão entre os destaques.

A decoração é maravilhosa, mas as mesas de madeira podem ser um pouco largas demais para uma boa conversa. Uma experiência diferente é sentar-se ao lado da janela da cozinha e ver os chefs trabalhando. O subsolo tem um bar elegante, ideal para quem não quer uma refeição completa – o que, com esses preços, pode ser uma sábia decisão. Nas madrugadas de sábado, a casa lota com fãs interessados no único prato servido após a meia-noite: uma autêntica galinhada. No subsolo da casa, bandas ao vivo ou DJ animam a noitada.

 

 

 

 

Mais sobre Dalva e Dito

Endereço Rua Padre João Manuel, 1115

Jardim Paulista, São Paulo

Telefone (11) 3068 4444

Site de Dalva e Dito

Prato principal R$42-R$107; couvert R$7-R$15; almoço executivo R$55

Aceita todos os cartões

Horário de abertura seg-qui, 12h-15h e 19h-0h; sex, 12h-15h e 19h-1h; sáb, 12h-15h e 19h-3h; dom, 12h-17h

Mapa


     Se o mapa ou detalhes deste estabelecimento estão incorretos, entre em contato

Comentários dos leitores

blog comments powered by Disqus
 

© 2011 - 2016 Time Out Group Ltd. All rights reserved. All material on this site is © Time Out.