Maria Miss

29 Mai 2012-25 Jul 2012

Divulgação

Este evento terminou

 

É bem provável que João Guimarães Rosa seja muito relembrado durante todo este ano. Afinal, em 2012 completam-se 45 anos da sua morte e 60 anos de sua viagem ao sertão mineiro, que lhe rendeu impressões suficientes para escrever Grande Sertão: Veredas. Apesar das efemérides, é mera coincidência a montagem de Maria Miss. A peça, adaptação inédita do conto ‘Esses Lopes’, presente em Tutameia, último livro do escritor mineiro, é resultado de um projeto idealizado pela atriz Tânia Castello que levou cerca de cinco anos para ser concretizado – e quase não saiu. A atriz chegou a desistir da empreitada, devido a dificuldades na negociação dos direitos autorais, mas a paixão pelo universo de Guimarães Rosa a fez seguir em frente. Trâmitesresolvidos, coube à mineira Yara de Novaes assumir a direção.

Único conto de Guimarães Rosa narrado em primeira pessoa sob o ponto de vista feminino, ‘Esses Lopes’ descreve a trajetória da sertaneja Flausina, que rejeitava o seu nome e desejava se chamar Maria Miss. Ainda pequena, foi negociada pelos pais e entregue a Zé, membro da família Lopes.Depois dele, vieram outros três Lopes. Maria Miss viveu anos seguidos em silêncio, mansa, obediente, porém, armando calada a sua vingança – a morte de todos esses Lopes –, até se ver livre e encontrar o verdadeiro amor.

Por tratar-se de um conto depágina e meia, a adaptação para o palco ganhou reforço nos diálogos. A dramaturgia, que ficou a cargo de Evill Rebouças, foi trabalhada de maneira colaborativa pelo elenco, em ensaios e leituras. “Fomos improvisando e pesquisando a obra de Guimarães Rosa para poder ampliar o universo do conto”, explica Yara, que já dirigiu outras adaptações, entre elas NoitesBrancas, de Dostoievski, pela qual recebeu um prêmio de direção. As pesquisas envolveram até mesmo uma visita a Cordisburgo, cidade natal do escritor.

No palco, ao contrário do conto de Guimarães Rosa, a participação dos Lopes é marcante. Em meio a um cenário simples que remete à geografia do sertão, os atores Daniel Alvin e Cacá Amaral encarnam com vigor os quatro membros da família, em contraste à delicadeza de Flausina (Tânia Castello). No decorrer do espetáculo, o peso vai se invertendo. Flausina se transforma, por fim, na vitoriosa Maria Miss e surge com o manto dos Lopes sobre as costas e a coroa de Miss. Uma heroína como nunca vista no sertão brasileiro.

Escrito por Paula Bernardini

Serviço

Teatro Eva Herz
Endereço Av. Paulista, 2073

, São Paulo

Telefone 3170-4059

Preço R$ 15

Data 29 Mai 2012-25 Jul 2012

Horário de abertura Ter. e qua, 21h.

Mapa


     Se o mapa ou detalhes deste estabelecimento estão incorretos, entre em contato

Comentários dos leitores

blog comments powered by Disqus
 

© 2011 - 2016 Time Out Group Ltd. All rights reserved. All material on this site is © Time Out.