Time Out São Paulo

Temporada de Dança Teatro Alfa 2014

Este evento terminou

Temporada de Dança Teatro Alfa 2014

Preço de R$ 80 até R$ 400

Data 19 Nov 2014-23 Nov 2014

Site de Temporada de Dança Teatro Alfa 2014

Rua Bento Branco de Andrade Filho, 722, Santo Amaro

Telefone (11) 5693 4000

A Temporada de Dança do Teatro Alfa deste ano nem precisava chegar à 11ª edição para mostrar a que veio, sendo já há alguns anos referência importante na cena da dança. Este ano, que começa com apresentações do Grupo Corpo, segue com programação de ponta até novembro.

Entre as atrações internacionais, o evento traz o trabalho de três grandes coreógrafos que têm como características comuns uma expressão artística influenciada por suas origens, suas raízes culturais e pela forma como criaram uma técnica singular na produção contemporânea: Akram Khan, Alonzo King e Antonio Gades. Na ala nacional, completam a agenda apresentações de três companhias que se situam entre os melhores e mais sólidos do Brasil, Além do Grupo Corpo, a Companhia de Dança Deborah Colker e a São Paulo Companhia de Dança.

Para informações sobre os horários dos espetáculos, veja no site teatroalfa.com.br

Confira a programação completa

Grupo Corpo – 13 a 18 de agosto
Direção artística – Paulo Pederneiras
Coreografia – Rodrigo Pederneiras
Programa: Ongotô (2005) e Triz (2010)
Os espetáculos: Criada para comemorar os 30 anos do Corpo, a coreografia Ongotô tem músicas de Caetano Veloso e José Miguel Wisnick. Já Triz tem trilha sonora de Lenine.

São Paulo Companhia de Dança - 21 a 24 de agosto
Direção artística – Inês Bogéa
Programa: Le Spectre de la Rose (de Michel Fokine, 2014)
Petite Mort (de Jirí Kylián, 2013)
Wokwithnwork (ESTREIA/ de William Forsythe)
Os espetáculos: Estreia da remontagem da coreografia Workwithinwork, de Wiliam Forsythe, além de obras-primas de dois ícones da dança: Jirí Kylián (Petite Mort) e Michel Fokine (Le Spectre de la Rose).

Cia de Dança Deborah Colker – 29 de agosto a 7 de setembro
Direção artística e coreografia – Deborah Colker
Programa: Belle (2014)
O espetáculo: Seu mais novo espetáculo, Belle, é baseado no romance Belle du Jour, do escritor francês Joseph Kessel, adaptada para o cinema por Luis Buñuel. Nesta adaptação, a coreógrafa desvia-se das convenções da narrativa e navega por instintos e forças que compõem a obra da literatura mundial, com imagens surpreendentes e sensuais.

Alonzo King Lines Ballet – 26 a 28 de setembro
Direção artística – Alonzo King
Programa: Constellation
O espetáculo: Constellation explora a orientação de nossos corpos para a luz. Colaboração inovadora com o artista Jim Campbell, o espetáculo é marcado pela música barroca (cantada por mezzo soprano), pelos figurinos de Robert Rosenwasser e pela iluminação de Axel Morgenthaler.

Antonio Gades – 30 de setembro e 1º de outubro
Direção artística – Stella Arauzo
Coreografia - Antonio Gades e Carlos Saura
Programa: Fuego (1989)
O espetáculo: Integra as atividades do 10º aniversário de morte de Antonio Gades (1936-2004), maior ícone da dança flamenca. Se em Gades, a companhia foi mantida com o objetivo de preservar o legado do bailarino e coreógrafo, responsável pela renovação da linguagem do flamenco, sem se afastar de suas origens. Fuego foi concebido por Gades e Carlos Saura, com inspiração no balé El Amor Brijo, de Manuel de Falla. Estreou no Thèâtre du Châtelet, em Paris, em 1989, quando fez uma turnê internacional. Volta agora sob a direção de Stella Arauzo, que dançou com o mestre por muitos anos.

Akram Khan – 17 a 19 outubro
Direção artística e coreografia – Alonzo King
Programa: Desh (2011)
O espetáculo: Ao mesmo tempo íntima e épica, a coreografia Desh explora fragilidade diante das forças naturais, e celebra a resistência do espírito humano nos ritmos de trabalho, no sonho e história, na transformação e sobrevivência. O solo estreou em 2011 em Nova York, e foca as histórias que foram contadas a King quando criança, mas a partir da perspectiva de um homem adulto. Mescla a tradição de Kathak de contar histórias, com o artista se transformando para interpretar vários papeis, com os recursos da dramaturgia ocidental.

Ballet do Teatro Mariinsky (Ballet Kirov) – 19 a 23 de novembro
Direção artística – Uliana Lopatkina
Coreografia – Jules Perrot e Marius Petipa
Programa: O Corsário (1987) – Participação: Orquestra Sinfônica e Barra Mansa, regida pelo maestro Mikhail Agrest
O espetáculo: Famoso balé do repertório clássico, O Corsário – que estreou em São Petersburgo em 1858, com coreografia de Jules Perrot – é um dos sucessos da companhia e veículo privilegiado para o brilho de seus solistas. Afiliado ao Teatro Mariinsky de São Petersburgo, é uma das mais importantes companhias de balé da História. Seu nome havia sido substituído por Kirov, mas, com o fim da União Soviética, voltou a se denominar Mariinsky. Foi para esta companhia que o coreógrafo Marius Petipa encenou a maioria de suas obras-primas, em especial as reformulações de Giselle, O Lago do Cisnes e O Corsário.

Escrito por Time Out São Paulo editors
Compartilhe

Mapa


     Se o mapa ou detalhes deste estabelecimento estão incorretos, entre em contato

Comentários dos leitores

blog comments powered by Disqus