Time Out São Paulo

Ballet du Grand Théâtre de Genève

Este evento terminou

Ballet du Grand Théâtre de Genève

Preço de R$ 25 até R$ 170

Data 12 Set 2015-13 Set 2015

Horário de abertura Sáb., 20h; dom., 18h.

Buy tickets for Ballet du Grand Théâtre de Genève

Rua Bento Branco de Andrade Filho, 722, Santo Amaro

Telefone (11) 5693 4000

Depois dos franceses do Cirque Plume e dos mineiros do Grupo Corpo, a 12ª Temporada de Dança do Teatro Alfa prossegue com a companhia suíça Ballet du Grand Théâtre de Genève. Com direção geral de Tobias Richter desde 2009, a companhia se destaca no cenário da dança contemporânea ao mesclar elementos próprios desse estilo a fundamentos e movimentos clássicos.

Os espetáculos 'Glory' e 'Lux' - que serão apresentados nos dias 12 e 13 de setembro, sábado, às 20h, e domingo, às 18h - são grandes representantes dessas características. Cada um composto por elenco de 22 bailarinos, são inéditos no Brasil e tiveram ótima receptividade da crítica especializada e do público em geral pelos países em que passaram.

Em 'Glory', coreografado por Andonis Foniadakis, o palco em declive, rodeado de projetores oblíquos, oferece dramaticidade à cena, uma marca do estilo de Handel (1685 – 1759), compositor germânico barroco, cuja música é utilizada na trilha do espetáculo. Os movimentos dos bailarinos se alternam entre gestos minimalistas e explosivos. A composição coreográfica apresenta duetos, levantamentos, trios, quartetos e conjuntos que reforçam o lirismo suave da música e a presença sempre dramática dos bailarinos no palco. O recurso objetiva uma linguagem precisa de gestos que evitam os exageros e se aproximam do estilo barroco.

'Lux', de Ken Ossola, tem como trilha sonora Requiém, do compositor clássico Gabriel Faure (1845 – 1924), músico conhecido por transitar entre o estilo romântico e moderno. A peça começa com 20 bailarinos posicionados de costas para a plateia. De uma vez, 18 deles caem no chão. Um casal permanece em pé para iniciar uma jornada coreográfica lenta e ascendente. A iluminação de Kees Tjebbes cria névoas, sombras e luzes que fazem os corpos dos bailarinos parecerem memórias vacilantes, vestígios de morte.

Apenas nos últimos anos, o Ballet du Grand Théâtre de Genève se apresentou nos Estados Unidos da América, Canadá, Singapura, China, Taiwan, Hong Kong, África do Sul, Turquia, México, Austrália, Rússia, Tailândia e em quase todos os países europeus.

Escrito por Time Out São Paulo editors
Compartilhe

Mapa


     Se o mapa ou detalhes deste estabelecimento estão incorretos, entre em contato

Comentários dos leitores

blog comments powered by Disqus