Mostra Internacional de Teatro de São Paulo

Abrem-se as cortinas para um novo festival na cidade 

Cristophe Raynaud de Lage/Divulgação
Cena da peça 'Ali'
Cena da peça 'Ali'

Em março, São Paulo será vitrine para uma amostra do melhor que o teatro mundial tem a oferecer: entre os dias 6 e 18/3, a cidade abrigará a MITsp – a primeiríssima Mostra Internacional de Teatro de São Paulo, festival que busca mostrar diferentes aspectos e tendências da cena contemporânea internacional.

O evento – idealizado por Antônio Araújo, diretor do pioneiro Teatro da Vertigem, e Guilherme Marques, do Centro Internacional de Teatro ECUM, instituição que realiza projetos que misturam arte e pedagogia – reúne onze espetáculos, quase todos inéditos no Brasil e de montadores polêmicos ou renomados no cenário internacional.

Entre os destaques, uma versão contemporânea de Hamlet montada por Oskaras Koršunovas, um dos principais encenadores da Lituânia, país cuja sólida tradição em artes cênicas é pouco conhecida do público brasileiro. A peça, como tdas as apresentações estrangeira do MITsp, possui legendas.  

Dentre as montagens que causaram polêmica, a provocadora Sobre o Conceito da Face no Filho de Deus, do italiano Romeo Castelluci, sobrepõe à representação artística do rosto de Cristo, imagens escatológicas e de temática belicista. 

Mas a grade do evento também incluirá uma montagem brasileira: De Repente, Fica Tudo Preto de Gente, de Marcelo Evelin, que também tem um elemento internacional, ao reunir cinco atores de diferentes partes do mundo (de Teresina a Kyoto) em uma encenação que investiga como uma multidão cheia de singularidades pode se fundir em unidade coletiva, em uma massa de gente.

Além dos espetáculos, o público pode conferir, entre outros eventos, debates entre críticos de dramaturgia, diálogos com os artistas após cada apresentação e oficinas. Uma ótima notícia: os ingressos serão gratuitos – a forma de retirada pode ser conferida no site oficial do evento – e os espetáculos ocuparão oito locais da cidade, como o Auditório Ibirapuera e o Centro Cultural São Paulo (CCSP). E, veja, apesar de estarmos ainda na primeira MITsp, seus criadores estão otimistas a ponto de já estarem definindo a programação das próximas duas edições. Com sorte, este é o ponto de partida para muitas outras edições.

Escrito por Ana Cecília de Paula
 

Comentários dos leitores

blog comments powered by Disqus
 

© 2011 - 2016 Time Out Group Ltd. All rights reserved. All material on this site is © Time Out.